3 de dez de 2013

Tecnologia Grid pode dar ao NVIDIA Shield o poder de um PC


Tecnologia Grid pode dar ao NVIDIA Shield o poder de um PC

Embora o NVIDIA Shield seja um equipamento tecnológico surpreendente, é até injusto comparar o poder de seu hardware com aquele visto em um desktop bem equipado. No entanto, se depender da fabricante do aparelho, em breve essa distinção entre as diferentes plataformas pode se tornar algo do passado.

Atualmente, a empresa está trabalhando em uma versão remodelada do Grid, serviço baseado na nuvem que prometia oferecer o streaming de jogos em alta qualidade para qualquer aparelho eletrônico. Embora os planos da companhia nesse sentido não tenham dado certo, agora ela pretende utilizar a mesma ideia para transmitir conteúdos exclusivamente para seu portátil.

A NVIDIA iniciou na última segunda-feira (2) uma fase de testes Beta do NVIDIA Grid, restrita aos donos do aparelho que moram perto da sede da organização localizada em San Jose, Califórnia. Para funcionar corretamente, o sistema precisa que os donos do dispositivo possuam uma ótima conexão com internet e um roteador sem fio capaz de dar conta do grande fluxo de dados enviados pelo serviço.

Somente um teste


Segundo o The Verge, na etapa atual a novidade se mostrou bastante eficiente, permitindo uma experiência de jogo melhor do que qualquer outra opção já disponibilizada pelo mercado — incluindo o Gaikai. No entanto, embora os gráficos e controles se mostrem aceitáveis, o mesmo não pode ser dito dos sons, que aparecem com certo atraso em relação às ações realizadas.

Tecnologia Grid pode dar ao NVIDIA Shield o poder de um PC

No entanto, o site esclarece que a experiência já era algo esperado visto a proximidade entre a área de testes e os servidores da NVIDIA. Assim como aconteceu no passado, a qualidade da transmissão depende muito da distância em que uma pessoa está da origem dos sinais enviados — quanto mais longe da fonte alguém estiver, maiores as chances de que algo dê errado.

Ciente das dificuldades que pode enfrentar, a companhia afirma que ainda não tem qualquer plano para transformar o Grid em um produto. Segundo o gerente de produto Andrew Fear, a organização só queria saber como o sistema se comporta com alguns milhares de usuários para saber como o Shield lida com jogos baseados na nuvem.

“Queremos fazer isso durante um período de tempo, testar e aprender com isso para ver se há como aprimorar nosso hardware e software e descobrir o que fazer depois disso”, declarou ele. “Literalmente, esse é somente nosso teste, não temos nada para anunciar”, complementa.


Fonte: The Verge