10 de dez de 2013

Fusão entre Apple e Microsoft pode acontecer em 2018, diz analista

Fusão entre Apple e Microsoft pode acontecer em 2018, diz analista 


Analista da Money Map Press e comentarista eventual do programa Fox Business, Keith Fitz-Gerald gerou risadas e até polêmica por conta de comentários recentes no telejornal. De acordo com ele (e apenas ele, já que nenhuma fonte oficial opinou sobre o caso), as rivais Apple e Microsoft serão uma só empresa em até dez anos, sendo que a união pode começar a partir de 2018.

Segundo ele, a tecnologia atualmente é o lugar certo para investir dinheiro, especialmente por conta de uma operação "impensável, mas absolutamente possível" que acontecerá nos próximos anos: trabalhos em parceria entre as empresas de Bill Gates e do já falecido Steve Jobs que acarretariam em uma fusão entre as companhias.

Nem o âncora parece acreditar na teoria de Fitz-Gerald, citando um argumento matador desde o princípio: o governo norte-americano jamais aprovaria essa megafusão de duas das maiores companhias da área de tecnologia, já que isso seria configurado como monopólio.

O argumento de Fitz-Gerald é que elas terão que lutar contra outros rivais poderosos, como Facebook e Google ou Android. Vale ressaltar que isso tudo é pura especulação, mas o rapaz parece convicto ao analisar os lançamentos e metas de ambas as companhias. O comentarista diz que um dos motivos que o levou a pensar nisso é como até os televisores de hoje em dia vêm carregados de aplicativos sociais: tudo está conectado hoje em dia, não importa a marca.




Fonte: Fox Business

Twitter perde acessos no Brasil; microblog está atrás de Orkut e Badoo

Se em números globais o Twitter está sempre entre as redes sociais mais acessadas do planeta, normalmente atrás de Facebook e YouTube, no Brasil a situação  é bem diferente. Atualmente, segundo pesquisa do Experian Marketing Service, até o Orkut, que já “saiu de moda” há anos no país, tem mais visitas que o microblog.
Twitter (Foto: Reprodução/Contest is king)
Os dados são de uma pesquisa feita em outubro de 2013 e divulgada na última semana de novembro para o país. 
O levantamento monitorou quais são as redes sociais mais populares entre os usuários brasileiros. Sem surpresas, quem fica com a primeira colocação, assim como em boa parte do mundo, é o Facebook, com o impressionante número de 73,5% das visitas em sites do tipo no país.
Em comparação com outubro do ano passado, houve alta de 12,84 pontos percentuais nos acessos do Facebook; primeiro colocado do ranking desde janeiro de 2012.
Em segundo lugar, bem atrás, com 16,34%, está o popular site de vídeos YouTube. E, depois dele, começam as surpresas. O Badoo, de relacionamentos, é o terceiro, com 1,20%. E o Google+, que muitos julgam sem tanta relevância, o quarto, com 1,15%. O Orkut, que já foi dominante no país, é somente o quinto, com 0,97%.
Dados mostram que Twitter está em baixa no Brasil (Foto: Reprodução/eMarketer)


O Twitter, com apenas 0,90%, ainda está atrás do Yahoo! Answers Brasil, que possui 0,94%. Completam a lista ainda o Ask.FM, o Bate-Papo UOL e o LinkedIn, nessa ordem.
Outro dado interessante apontado pelo estudo é que o Brasil tem 79 milhões de pessoas cadastradas em redes sociais (78,3% dos internautas brasileiros), e, com isso, sozinho, pode ser responsável por um terço dos dados de navegação em páginas do tipo em toda a América Latina.

Chromecast passa a trabalhar com 10 novos aplicativos

Chromecast passa a trabalhar com 10 novos aplicativos


Caso você seja o dono de um Chromecast, deve saber que um dos atuais problemas do aparelho é o simples fato de que ele não trabalha com uma oferta muito grande de aplicativos — afinal de contas, os softwares precisam ser compatíveis com o aparelho. Dessa maneira, algumas pessoas acharam que a novidade não é assim tão útil.



Contudo, a Google anunciou algo que pode representar uma grande mudança, assim como um bom começo para que esta questão seja resolvida. Em seu blog oficial, a gigante de Mountain View afirmou que o Chromecast agora tem suporte para dez novos aplicativos, abrangendo diferentes tipos de serviços e utilidades.

Além de tudo isso, a companhia também alertou que é necessário contar com a última versão do iOS ou Android para que os aplicativos funcionem de maneira satisfatória, no caso de aparelhos mobile. Caso você esteja curioso e queira conferir quais são todos os softwares disponibilizados para o Chromecast, basta clicar aqui e acessar a página correta.

Abaixo, você pode conferir todos os novos recursos que você pode começar a aproveitar a partir de hoje.

  • Songza;
  • Vevo;
  • Plex;
  • Revision 3;
  • PostTV;
  • Viki;
  • BeyondPod;
  • RealPlayer Cloud;
  • Avia.



Fonte: GoogleTheVerge


Jogo para Android está roubando histórico de conversas no WhatsApp

BalloonPop2, para Android, foi removido da página oficial do Google Play depois de ser descoberto que ele roubava secretamente conversas do banco de dados do aplicativo WhatsApp, e os vendia em um site na internet.
balloon-pop-2
O jogo, apesar do seu exterior aparentemente inofensivo, possui a habilidade de roubar conversas privadas do aplicativo WhatsApp, em seu dispositivo Android, e fazer o upload desses arquivos para um site chamado WhatsAppCopy. Qualquer pessoa pode, então, visitar o site e, ao digitar o número do telefone, acessar as conversas pagando apenas uma taxa.
Apesar do site WhatsAppCopy avisar que o jogo BalloonPop2 é uma forma de se conseguir o backup das conversas no WhatsApp, nenhum aviso ou informação é dado aos usuários do jogo. O Google percebeu a má intenção e já tirou o jogo de sua loja virtual. Contudo, é bem possível que o jogo possa vir a ser distribuído por lojas não oficiais, ou que futuras versões possam vir a ser distribuídas usando outros disfarces.
whatsapp-copy-1

O que levou a Intel a fracassar em seus planos mobile?

O que levou a Intel a fracassar em seus planos mobile? 

Há aproximadamente dois anos, a Intel convidou vários jornalistas à cidade de Santa Clara para mostrar aquilo que, na época, eram seus planos para o mercado mobile. O grande destaque da ocasião foi a arquitetura de 32 nanômetros conhecida como Medfield, que prometia tornar a companhia um sério competidor no segmento de smartphones e tablets medianos.



Durante a demonstração, a Intel prometeu que, enquanto a tecnologia iria abrir espaço no mercado para dispositivos x86, seriam os produtos Clover Trail+ e Merrifield os responsáveis por solidificar esse segmento. No entanto, a realidade se mostrou pouco favorável à organização, que até hoje possui pouca influência e impacto sobre o mundo dos dispositivos móveis.

Os problemas enfrentados pela companhia estão ligados a diversos motivos, entre eles sua inabilidade de fabricar um chip LTE capaz de competir com a concorrência. O primeiro modem do tipo criado pela empresa, o XMM 7160, foi lançado somente mês passado, o que representa um grande atraso em relação aos outros players desse mercado — algo que provavelmente motivou a companhia a adquirir a Fujitsu Wireless recentemente.

Decisões equivocadas


Outro ponto que pode ter prejudicado a Intel foi a decisão de restringir a linha Merrifield a processadores com no máximo dois núcleos. Embora a tecnologia Hyper Thread tenha ajudado a compensar a falta do poder das arquiteturas Medfield e Clover Trail+, o mesmo não aconteceu com os produtos atuais da companhia — algo que a percepção pública de que CPUs quad-core e octa-core sempre são melhores e os benchmarks pouco ajustados aos dispositivos da empresa ajudou a piorar.

O que levou a Intel a fracassar em seus planos mobile? 

Além disso, a estratégia que a companhia tem de manter suas margens de lucro em patamares adequados pode ter prejudicado seus planos. As únicas empresas capazes de pagar aquilo que a Intel cobra, a Apple e a Samsung, atualmente se mostram cada vez mais interessadas em criar chips com características próprias e preservar suas propriedades intelectuais — algo que as leva a se afastar da popular fabricante de processadores.

A estrada para o futuro


Prova de que a empresa mudou seus planos é o anúncio recente de que a Intel se uniu à TSMC para o projeto SoFIA, que prevê que a empresa vai usar a fundição taiwanesa para criar processadores Atom e chips de rádio. Isso indica que, embora permaneça no mercado mobile, a companhia pode ter mudado sua estratégia como forma de conquistar a atenção de mais fabricantes, mesmo que isso implique diminuir sua margem de lucro.

Atualmente, os esforços da organização parecem estar mais focados no mercado de tablets, no qual a presença de processadores sem compatibilidade com o sistema LTE é mais aceita. A companhia pretende lançar em breve a linha Airmnont/Cherry Trail de 14 nanômetros cuja performance deve se mostrar equivalente à linha Core Ivy Bridge.



Fonte: ExtremeTech

Firefox 26 roda plugin somente ao clicar e leva Bing e Yahoo ao Android

Mozilla Firefox 26 chegou com muitas novidades. A fabricante liberou a nova versão do seu navegador nesta terça-feira (10) e, com ele, agora os usuários do Android terão o Bing e o Yahoo como buscadores do browser. Na versão desktop, plugins Java não mais serão carregados automaticamente; somente quando o usuário clicar neles com a chegada da função "Click to Play".
Este recurso na versão para computadores era aguardado há um tempo e a Mozilla já havia revelado planos de lançá-lo para todos os tipos de plugin. Mas, o resultado final, pelo menos no Firefox 26, foi limitado para funcionar com o Java. Na prática, isso dá liberdade ao usuário e mais velocidade ao carregar sites. 

Firefox ainda não foi contaminado com o código árabe (Foto: (Foto: Reprodução/Internet))
Sendo assim, o Firefox só carrega os plugins de Java quando os usuários clicam para interagir com eles. Será possível também escolher ativar estes plugins automaticamente em um site confiável e que o usuário saiba que precisará usar. Assim, o carregamento é feito “à moda antiga” e poupa o trabalho dos cliques a cada visita à mesma página.
Além disso, o Firefox 26 para desktop também tem melhorias gerais de desempenho e correções de bugs, como de costume em todos estes updates. As mudanças que são mais significativas também vêm do aplicativo para Android. Agora, ele vai concorrer ainda mais com o Google Chrome, browser concorrente.
Firefox ganhou novidades em atualização (Foto: Reprodução/TNW)

Isso porque adotou oficialmente Bing e Yahoo como opções de sites de buscas para os seus usuários. Nada de Google.com, e dentro do próprio sistema da gigante das buscas. O Firefox 26 mobile ganhou também correções de bugs e melhorias de desempenho, uma nova homescreen, com a interface repaginada e a navegação mais fluida.
O update da versão para desktop já está disponível e quem tem o navegador no computador deve passar por uma atualização automática. Já na versão móvel, a distribuição é mais lenta, e chega aos poucos para os usuários.

7 de dez de 2013

Cut The Rope 2 será lançado para iOS no dia 19 de dezembro

Cut The Rope 2 será lançado para iOS no dia 19 de dezembro

Um dos games de maior sucesso nos smartphones vai ganhar uma sequência ainda neste mês. A Zeptolab confirmou nesta semana que o jogo Cut The Rope 2 será lançado no próximo dia 19 de dezembro somente nos dispositivos com iOS (iPhoneiPad e iPod Touch).


De acordo com Misha Lyalin, CEO do estúdio, o game trará novas mecânicas de jogo, mas ainda assim manterá as raízes do título original, lançado em 2010. “Nós lançamos muitas atualizações para o Cut The Rope original e o número de downloads e usuários ativos diariamente só cresceu, mas agora queremos contar uma nova história”, revelou o executivo à Polygon.

No novo game, os jogadores terão que ajudar o simpático On Nom a conseguir os doces também de outras formas, incluindo desafios às leis da física. Na história, o bichinho comilão está perdido e precisa encontrar o caminho de volta para casa. Por conta disso ele terá que passar por diversos ambientes, ampliando os desafios.



Fonte: Polygon

Dez dicas para fazer compras seguras e aproveitar descontos de Natal

As festas de Natal e amigo oculto de fim de ano estão chegando e com elas uma grande corrida por presentes que levam muitos consumidores às lojas virtuais. No Brasil, o hábito de fazer compras online tem se tornado cada vez mais comum, o que faz com que a necessidade de se preparar para evitar pequenos problemas de compras e pagamento, como ocorreu na Black Friday Brasil 2013, aumentem.
Se você está pensando em comprar pela Internet nesta época, confira algumas dicas da Eset, empresa eslovaca de segurança, para comprar de forma segura e evitar cair em furadas ou levar um golpe.
infográfico (Foto: Reprodução)

Outras dicas importantes são:
infográfico 2 (Foto: Reprodução)




E, por fim, não se esqueça de:

infográfico 3 (Foto: Reprodução)

Line atinge a marca de 300 milhões de usuários em todo o mundo

Line atinge a marca de 300 milhões de usuários em todo o mundo 

A Line Corporation, proprietária e operadora do aplicativo de mensagens e ligações gratuitas Line, anunciou nesta semana que alcançou a marca de 300 milhões de usuários registrado em todo o mundo.

Lançado em junho de 2011, o aplicativo atingiu em agosto deste ano a marca de 7 bilhões de mensagens trocadas por dia além de 1 bilhão de stickers enviados. O software é gratuito e está disponível para iOS, Android, Windows Phone, BlackBerry e Asha.

“Nós continuaremos a explorar todas as possibilidades de comunicação, desenvolvendo ainda mais novos recursos e aprimorando constantemente a qualidade dos serviços. Nosso objetivo é atingir a marca de 500 milhões de usuários no ano de 2014, e fazer do Line a ferramenta mais importante em serviços de comunicações”, comenta Akira Morikawa, CEO da Line Corporation.

Empresa em expansão


Além do leste da Ásia, onde Line já estabeleceu uma presença forte nos smartphones, o número de usuários também tem crescimento constante em países de língua espanhola, como Espanha e México. Atualmente, o foco da empresa é obter novos usuários na Índia, Turquia e em países do Leste Europeu por meio de ações promocionais locais e o fortalecimento de parcerias com operadoras de telefonia e fabricantes de aparelhos.

Na Índia, onde o mercado de smartphones está em expansão, a oferta de conteúdos locais e Stickers com celebridades do país, fez com que Line atingisse a marca de 10 milhões de usuários apenas três meses após o lançamento no mercado indiano. A previsão é que antes do fim de 2013, a Índia tenha cerca de 20 milhões de usuários do aplicativo.

Com ações globais, a empresa acelerou o ritmo de crescimento. Nos primeiros 19 meses foram 100 milhões de usuários, depois de seis meses mais 100 milhões, e nos últimos quatro meses, chegou em 300 milhões de usuários.





Genéricos de LoL e Super Mario; veja jogos chineses que copiam famosos

A China é conhecida por oferecer cópias de produtos e serviços por um preço mais baixo e qualidade geralmente questionável. No mundo dos games isso não é diferente, e abaixo divulgamos uma lista com dez jogos chineses que copiaram outros jogos ou se utilizaram  de personagens da cultura pop.
Personagem de sucesso da Pixar, Wall E figura no jogo 300 Heroes, cópia descarada do sucesso League of Legends (Foto: Divulgação)
300 Heroes
Plágio descarado do famoso League of Legends, o jogo copia toda a mecânica e jogabilidade do título de sucesso. Entretanto, a versão “xing-ling” traz alguns atrativos interessantes, principalmente a possibilidade de escolher entre 70 personagens, incluindo figurinhas marcadas como Naruto, Shrek, Wall-E e até o lendário Ultraman.
Xuan Dou Zhi Wang
Personagens de League of Legends, Mario e One Piece no elenco (Foto: Divulgação)
Com uma receita pra lá de Mugem, esse jogo chines incorpora diversos personagens de outros jogos, como lutadores do The King of Fighters, One Piece, o encanador mais famoso do mundo e até personagens do League of Legends. Todos disputando lutas em um cenário 2D, seguindo fielmente as diretrizes de clássicos como King of Fighters e Street Fighter.
The Legend of Sheng Dao
Homem de Ferro aparece no jogo chinês The Legend of Sheng Dao (Foto: Divulgação)
Seguindo a linha, The Legend of Sheng Dao utiliza lutadores famosos e personagens da cultura pop no elenco de suas batalhas, como Kratos, da saga God of War, e o Homem de Ferro, herói da Marvel. Além deles, é possível encontrar Altair, da saga Assassin’s Creed, aqui incrivelmente apelidado de "Assassin".
Saint Seya Online
Tela inicial do jogo Saint Seiya Online (Foto: Divulgação)
Com um ar oficial, Saint Seya Online é produzido pela SEGA e se apresenta como um MMORPG com a possibilidade de se jogar com um dos cavaleiros do zodíaco. Com gráficos interessantes e uma jogabilidade baseada no sucesso Perfect World, essa cópia tem muitos méritos.
3D Cartoon Land: Safari
3D Cartoon Land: Safari é uma cópia duvidosa do clássico Super Mario Land (Foto: Divulgação)
E é claro que como um dos personagens de games mais famoso do mundo, Mario não poderia ficar de fora. Essa cópia chinesa de Super Mario Land, do portátil 3DS, habitou durante um tempo a Apple Store, sendo removido após denúncias de plágio.
Duludubi Star
Duludubi Star, versão chinesa do clássico Super Mario Galaxy (Foto: Divulgação)
De novo inspirando-se no Mário, desta vez o chinês Duludubi Star, para computador, copia o clássico Super Mario Galaxy. O cenário continua o mesmo, só que em vez de estrelar o famoso encanador, o personagem principal escolhido foi um dinossauro verde. Obviamente, é possível viajar por planetas e derrotar inimigos, incluindo um “Dr. Octopus”, mostrando que sobrou até pra Marvel.
Final Combat
Final Combat é uma cópia de baixa qualidade do Team Fortress 2 (Foto: Divulgação)
Final Combat é um jogo de tiro totalmente baseado no Team Fortress 2. Assim como no TF2, é possível jogar com nove classes, incluindo o famoso Soldier, o soldado com capacete e um lança foguetes. Além das classes serem basicamente iguais, as dublagens, efeitos sonoros, fontes e até os vídeos introdutórios dos personagens são praticamente os mesmos. Só a qualidade que deixa muito a desejar…
Magic Campus
Magic Campus incorpora Pokemon, Harry Potter e Dragon Ball em um MMORPG pra lá de bizarro (Foto: Divulgação)
Essa mistura muito louca aterrizou em terras brasileiras recentemente, e traz com ele influências diversas de todo lado. Originalmente produzido na china, é possível capturar monstros, voar em vassouras voadoras e capturar esferas do dragão, por aqui apelidadas de pérolas do dragão.
Baby Vs Toys
Baby vs Toys é um tower defense praticamente igual ao clássico Plants vs Zombies, só que em vez de zumbis e plantas, aqui temos bebês e brinquedos. De resto, a jogabilidade e mecânica permanece praticamente inalteradas. A versão chinesa chegou a ser comercializada por aqui, com tradução total para o português. Entretanto, hoje em dia o jogo foi descontinuado.
Baby vs. Toys é um Plants vs Zombies com outra temática. (Foto: Divulgação)
QQ Sky City and Warriors
À esquerda, o original Cloudstone. À direita, sua cópia chinesa QQ Sky City and Warriors.  (Foto: Divulgação)

Nem o universo dos jogos indie escapa de cópias. Aclamado pela comunidade de jogos independentes, Cloudstone foi copiado descaradamente por uma empresa chinesa e recebeu o título de QQ Sky City and Warriors, mantendo a jogabilidade, mapas, personagens e inimigos praticamente intactos.

Google TV pode virar "Nexus TV" e ser lançada no 1º semestre de 2014


Em outubro, nós noticiamos que a Google TV, sistema da Gigante das Buscas que leva internet para a televisão, estaria sendo reformulada e que ganharia um novo nome (Android TV), além de novos recursos. Esse rumor inicial foi reforçado por um novo boato levantado pelo The Information, que teria conseguido informações sigilosas com um empregado da companhia.


De acordo com essa publicação, a Google TV passaria a integrar a marca Nexus, adotaria uma nova versão do Android e estaria disponível já no primeiro semestre de 2014. Embora uma de suas principais funções seja fazer o streaming de vídeos a partir de serviços como Netflix, Hulu e YouTube, o aparelho teria um hardware (incluindo uma câmera) pensado também na realização de videoconferências pelo Hangout e para jogar.

Inclusive, ele seria capaz de rodar games desenvolvidos originalmente para a plataforma móvel do robozinho verde por meio de um controle sensível ao toque. Em contrapartida, o aparelho parece não suportar a transmissão em tempo real de programações das emissoras de TV — devido a problemas com direitos de licença de transmissão, segundo essa especulação.

Boatos mais antigos ainda indicam que a futura Google TV (que talvez se chame Nexus TV) contaria com um sensor de movimento (algo parecido com o Kinect) e que poderia ser controlada por smartphones e tablets com o sistema móvel da empresa.




iPhone ao estilo BlackBerry: capa com teclado aumenta visão da tela

Já imaginou deixar o iPhone com cara de BackBerry? Isso será possível assim que o teclado Typo for lançado. O produto é um case que se encaixa no iPhone 5 ou 5S, e adiciona um teclado físico no aparelho, ao estilo BlackBerry. A novidade será anunciada oficialmente na CES, no início de janeiro de 2014.
Case Typo adiciona um discreto teclado físico no iPhone (Foto: reprodução/Engadget)
O case, que se comunica com o smartphone da Apple através do Bluetooth, deixa o aparelho bem parecido com o BlackBerry Q10, com um teclado encobrindo o botão “Home” do iPhone e toda área ao redor dele.
Tudo indica que o produto pode ser uma boa opção para quem quer mais produtividade na hora de teclar, vez que um dos maiores problemas do teclado virtual do iPhone é justamente o espaço ocupado por ele na tela do aparelho. Segundo o vídeo de divulgação, como o teclado da capa tira o teclado virtual da tela, isso melhora o aproveitamento, aumentando a área de visualização em 40%.
Além do ganho de espaço na tela, o teclado do Typo fica na vertical, o que não aumenta em quase nada o tamanho do smartphone. E, para facilitar a digitação em locais de baixa luminosidade, as teclas possuem iluminação de fundo. Para completar, uma das teclas substitui a função do botão “Home”. Somadas a todas essas características, o produto tem tudo para melhorar a digitação, principalmente para quem frequentemente precisa digitar muito.
Ryan Seacrest, um dos apresentadores do programa American Idol, é um dos mentores da invenção e também seu principal investidor. Para ele, mesmo com o mercado de telefones equipados com teclado em queda, usuários focados em mensagens precisam de botões reais. O produto deverá iniciar suas vendas logo após o anúncio na CES, em janeiro, e custará U$$ 99,00 (cerca de R$ 233). Existe a promessa de que, em breve, também seja lançada uma versão do case para outros smartphones e tablets. Infelizmente, até o momento não há nenhuma previsão de chegada do acessório ao Brasil.

6 de dez de 2013

Fifa 14 para Xbox One e PS4 tem gráficos que beiram a realidade

Fifa 14 da nova geração chegou com um novo sistema de contato físico, movimentos mais apurados, novas animações de torcida… Mas e os gráficos? O TechTudo preparou um comparativo entre as versões virtuais de alguns jogadores na versão de PlayStation 4 do game e a vida real. Assim, o leitor pode ter uma noção da qualidade que foi utilizada pela EA Sports no desenvolvimento do game.
Fifa 14 (Foto: Divulgação)
Neymar - O astro brasileiro contratado pelo Barcelona tem traços bem particulares, e a equipe da EA Sports parece ter prestado bastante atenção aos detalhes, como o cabelo.
Neymar é uma das estrelas do Fifa 14 (Foto: Reprodução)
Cristiano Ronaldo - Talvez o maior nome em termos de repercussão no futebol atual, o português CR7, do Real Madrid, também teve um bom nível de detalhamento no Fifa 14.
Cristiano tem até comemoração no Fifa 14 (Foto: Reprodução)
Messi - Capa do Fifa 14 e melhor jogador do mundo da Fifa, o argentino do Barcelona é um dos mais bem trabalhados visualmente na versão de PS4 do game.
Capa do Fifa, Messi ganhou visual apurado (Foto: Reprodução)
Ibrahimovic - O polêmico centroavante sueco do PSG tem o visual bem parecido – e as características de jogo também, sendo bastante forte fisicamente e tendo o chute forte.
Centroavante do PSG é bem parecido (Foto: Reprodução)
Thiago Silva - O “Monstro” é um dos melhores jogadores brasileiros do Fifa e, no visual, também agrada. O nível de detalhe do Fifa nos atletas top é bem aceitável.
Thiago Silva é um dos melhores brasileiros no game (Foto: Reprodução)
Rooney - O visual do Fifa 14 não chega a ser tão diferente no PS4 em relação ao PS3. Mas em ambas as versões, um dos jogadores mais parecidos é Rooney, do United.
Rooney é bem semelhante (Foto: Reprodução)
David Luiz - A cabeleira do zagueiro brasileiro do Chelsea é bem retratada no Fifa 14, e seu rosto também não deixa muito a desejar, apesar de não estar tão detalhado.
Cabeleira de David Luiz está bem feita (Foto: Reprodução)
Robben - O carequinha holandês, autor do gol do Bayern de Munique na final da Liga dos Campeões, é mais um destaque positivo do trabalho gráfico da EA no Fifa 14. Idêntico!
Robben, do Bayern Munique: carequinha característica (Foto: Reprodução)
Everton Ribeiro - No Brasil, os jogadores não tem o mesmo tratamento. Everton, um dos craques do Cruzeiro, campeão brasileiro de 2013, não se parece com a vida real.
Everton Ribeiro não está muito parecido (Foto: Reprodução)
Hernane - O “Brocador”, artilheiro do Flamengo, campeão da Copa do Brasil, não tem a versão virtual muito parecida. É lamentável que os atletas da liga brasileira sigam assim.
Brocador não tem nada parecido com a vida real (Foto: Reprodução)
Ronaldinho - Um dos maiores jogadores da história do futebol mundial, R10 é um dos poucos que jogam no Brasil que tem o visual relativamente parecido.
R10 está com visual aproximado do real (Foto: Reprodução)
Seedorf - Outro craque reconhecido mundialmente e que hoje atua no Botafogo, Seedorf não tem dos melhore visuais – apesar de as características de jogo serem semelhantes.
Seedorf não tem visual muito parecido (Foto: Reprodução) (Foto: Seedorf não tem visual muito parecido (Foto: Reprodução))