14 de fev de 2014

O que são hijackers e como eles podem colocar o seu PC em risco

Uma ameaça virtual que vem ganhando destaque ultimamente é o hijacker (ou sequestrador, em português). Spywares invasores que se instalam furtivamente em computadores por meio de protocolos ActiveX ou na instalação de programas gratuitos e suspeitos. Eles atuam nos mais populares navegadores de Internet, alterando a página inicial, instalando barras de ferramentas pra lá de suspeitas e até impedindo que o usuário acesse determinados sites, como páginas de softwares antivírus.
Os hijackers também mudam seu mecanismo de busca padrão, colocando no lugar um sistema de busca com um nome desconhecido. Além disso, depois de um certo tempo páginas aleatórias começam a abrir sem intenção do usuário, geralmente contendo propagandas e até pornografia.
Proteger o PC (Foto: Divulgação/Baud tech)
A ideia dos hijackers, em geral, é forçar o usuário a visitar páginas que ele não quer, gerando tráfego e publicidade para determinados sites, que pagam aos desenvolvedores dessas ameaças pelo número de cliques e visitas. Além disso, algumas pragas abrem brechas para a invasão de outras ameaças, causando dores de cabeça maiores que um navegador descontrolado e sites indesejados.
Como exemplo, o 22find é um hijacker que, além de alterar configurações básicas do seu navegador, instala nele extensões extremamente duvidosas. Caso permaneça muito tempo instalado, passa a identificar inúmeras ameaças falsas na máquina. A ideia é, com isso, obrigar o usuário a comprar um software produzido por eles capaz de livrar seu PC dessas ameaças que de fato não existem.
22Find se infiltra no navegador e se torna a página inicial ao se abrir o Firefox (Foto: Reprodução/Henrique Duarte)


Cuidados especiais
Para evitar ser infectado por essas pragas virtuais, a regra geral é cautela. Ao se instalar programas grátis, siga todos os passos da instalação observando bem quais alterações o programa irá fazer em sua máquina. A instalação de programas de terceiros precisa ser aceita pelo usuário, e você não deve aceitá-la a menos que possua certeza do que está instalando no seu PC.
Além de programas grátis, esse tipo de vírus está disponível em sites suspeitos, exibindo uma janela que confirme essa instalação por parte do usuário. Se você acidentalmente permitir, ele será baixado e configurado na máquina. Mais uma vez, a cautela é a melhor arma contra essas ameaças.
Como removê-los
Programas que detectam e removem malwares são uma das principais armas para se livrar desse problema. Use o Malwarebytes Anti-Malware e o Adw Cleaner para a tarefa, confiáveis e gratuitos.
O Malwarebyts Anti-Malware consegue remover hijackers sem muitas dores de cabeça
Se mesmo assim você não se viu livre, será preciso uma remoção manual, que envolve desfazer toda a configuração dos hijackers no navegador. Isso inclui mudar a página inicial, remover extensões instaladas, alterar o mecanismo de pesquisa e modificar o atalho de seu navegador.