1 de fev de 2014

Ainda vale a pena comprar um Galaxy Ace, smartphone de 2011 da Samsung?

Com o lançamento de smartphones cada vez mais sofisticados, o preço do Galaxy Ace tem sofrido uma queda contínua. Esse aparelho, o primeiro da linha Ace, custa em torno de R$ 400 e ainda é vendido no Brasil. Será que vale a pena comprar atualmente o Galaxy Ace, lançado em 2011, por esse preço? O TechTudo analisa.
Galaxy Ace, smartphone Android lançado em 2011 pela Samsung (Foto: Stella Dauer/TechTudo)

A primeira observação que deve ser feita é quanto aos recursos extremamente limitados desse smartphone. Lançado em fevereiro de 2011, o Samsung Galaxy Ace é aparelhando com especificações de hardware bastante fracas frente aos mais recentes modelos. Além disso, ele só pode ser atualizado para o Android 2.3.6 (Gingerbread), já ultrapassado.
O Android desatualizado gera alguns problemas, como a incompatibilidade com determinados aplicativos. Seu Galaxy Ace não será capaz de rodar muitos programas do Google Play, tanto pela restrição de software quanto pela de hardware. Se sua intenção é baixar jogos como Minion Rush e Asphalt 8, ele definitivamente não é o celular ideal para você.
O desempenho "engasgado" tem raiz no processador de 800 MHz e nos 384 MB de RAM. Outra reclamação muito comum dos compradores do Ace está em relação ao espaço de armazenamento interno: singelos 158 MB. O aparelho tem entrada para microSD, mas é bom lembrar que nem todos os apps podem ser movidos para o cartão. Fecha as especificações a tela de 3,5 polegadas, com resolução de 320 x 480 pixels.
Os sucessores dele, como é de se esperar, têm mais vantagens. O Galaxy Ace Duos pode ser usado com dois chips de operadoras simultaneamente e tanto o Galaxy Ace 2, lançado em 2012, quanto o Galaxy Ace 3, de meados de 2013, são aparelhos com hardware mais moderno, e têm tela de 3,5 e 4 polegadas (480 x 800 pixels), respectivamente. Os dois últimos ainda podem ser atualizados para o Android Jelly Bean, a penúltima versão do sistema.
Afinal, vale a pena?
O Galaxy Ace original foi lançado como um intermediário, mas tinha bons recursos se comparado com a concorrência de 2011 e 2012. Hoje, ele é ainda muito popular, o que não significa que ainda seja uma boa opção, mesmo para quem busca um smartphone simples.
Lançado em 2013, o Galaxy Ace 3 é o modelo mais avançado de sua série e custa em torno de R$ 700 (Foto: Divulgação/Samsung)
O Galaxy Ace foi um bom aparelho a seu tempo, mas apresenta um conjunto limitado para os dias de hoje. Na mesma faixa de preço, é possível comprar celulares mais robustos e atuais. Se você faz questão de um modelo da linha Ace, há os Galaxy Ace 2 e Galaxy Ace 3, que são encontrados por R$ 550 e R$ 700, respectivamente. Apesar disso, há alternativas interessantes de outras marcas. O Lumia 520, por exemplo, roda Windows Phone 8 e pode ser encontrado por pouco mais de R$ 400. Há ainda o Razr D1, oXperia E Dual e o LG Optimus L5 2 com o mesmo preço, se você não abre mão de ter um Android.