17 de fev de 2014

iPad: especialista faz previsões para os lançamentos da Apple em 2014

iPad: especialista faz previsões para os lançamentos da Apple em 2014


A remessa de iPads será menor este ano, de acordo com o analista Ming-Chi Kuo da KGI Securities. O especialista, conhecido em acertar muitas previsões sobre a Apple nos últimos anos, publicou um relatório sobre as atividades da empresa para 2014, no qual afirma que o iPad Air é o único produto que vai receber uma atualização neste ano.


De acordo com Kuo, o foco da Apple para 2014 no que se refere ao mercado de tablets é o desenvolvimento do próximo iPad Air e do novo iPad de 12,9 polegadas. Isso significa que a produção de um novo iPad mini está em segundo plano, e que são pequenas as chances de um novo modelo da versão de 7,9 polegadas chegar ao mercado ainda este ano.

O especialista acredita que o iPad Air será o único tablet da empresa que vai ganhar um upgrade no decorrer do ano. Ele prevê um novo lançamento da linha com processador A8 (nova geração) e sensor Touch ID de impressão digital (igual ao iPhone 5S) no final do terceiro trimestre.

Já em relação ao iPad de 12,9 polegadas, Kuo afirma que a Apple está mesmo desenvolvendo o tablet de tela maior, também conhecido como iPad Pro, mas que não devemos ver o resultado antes de 2015. O especialista diz que a Maçã deu prioridade para a finalização do software do iWatch, e por isso não será capaz de terminar o software do iPad Pro até o final de 2014.

Queda de vendas e descontinuidade de produção


Ming-Chi Kuo tem um histórico impressionante de previsões corretas sobre os planos da Apple nos últimos anos. Ele previu corretamente toda linha de lançamentos da empresa em 2013 com meses de antecedência, e no ano anterior revelou a chegada de produtos antes de qualquer um.

Agora, Kuo prevê que a remessa de iPad vai cair no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Se em 2013 o volume de produtos da linha de tablets chegou a 34 milhões de unidades, este ano o número deve ficar em torno de 30 milhões de iPads no mercado nesses primeiros seis meses.

A queda, de acordo com o especialista, reflete certa timidez do novo iPad mini com tela Retina, que não teve um lançamento tão forte, no final do ano passado, quanto foi o da primeira versão do tablet de tela reduzida da empresa, que chegou ao mercado em 2012.
Contando apenas com o novo iPad Air como carro-chefe, a Apple pode esperar vendas menores nesse segmento este ano, “a não ser que lancem promoções mais agressivas”, diz Kuo.

Além disso, o especialista acredita que a empresa vai descontinuar a produção do iPad 2, de configurações já bastante ultrapassadas, e voltar a produzir o iPad 4 ainda no primeiro trimestre do ano. A informação parece confirmar boatos recentes e tem seu sentido, já que a  Apple comercializaria o iPad 4 como uma versão de configuração intermediária, mas ainda relevante – com tela Retina, conector Lightning e processador SoC A6X.