26 de jan de 2014

É possível rastrear celular pelo número ou pelo IMEI?

Ao ter o celular roubado ou furtado, muitos ficam atônitos sem saber o que fazer nos instantes seguintes. Em muitos casos, cogita-se rastrear o aparelho utilizando opções recentes em sistemas como Android e iOS. Ainda que o celular não esteja configurado para essa função, o rastreio sem qualquer tipo de configuração prévia, como é visto nos filmes, é possível. Entretanto, antes de entrarmos em mais detalhes, é preciso conhecer os métodos que permitem rastrear um celular ou smartphone apenas pelo número.
Métodos de Localização Baseados em Cell-ID ou “triangulação de antenas”
Cell ID, ou identificação da célula, é um número único atribuído a cada Base Transceiver Station (BTS) - em outras palavras, a cada torre de telefonia móvel. Com a identificação de cada torre, é possível concluir um fato inerente a era da mobilidade: a operadora da rede sempre saberá de que BTS o usuário estará próximo, já que a estrutura é o ponto de origem do sinal do celular.
Nos filmes de Hollywood, personagens costumavam usar o termo “triangulação de antenas” para descrever métodos de localização por Cell ID. Entretanto, uma única torre de telefonia móvel é suficiente para fornecer uma localização aproximada do celular.
Uma única torre pode definir uma localização aproximada de um celular (Foto: Reprodução / geckolandmarks.com)





Ao realizar uma chamada ou acessar a internet, a localização do celular é atualizada. Porém, se o aparelho permanecer inativo, sua última localização na rede será armazenada em um banco de dados chamado Home Location Register (HLR).
A partir disso, foram desenvolvidos métodos de localização como Cell ID Timing Advance, Cell Site Sector, Enhanced Cell ID Timing Advance, entre outros. Tais métodos permitem saber outro número de registro na rede, o GSM Location Area Code (LAC). A “triangulação de antenas” ainda existe e é utilizada para aumentar a precisão da localização.
Torres de celular podem definir localização aproximada do aparelho, mesmo sem internet ou GPS (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)
Por que o IMEI não serve para rastrear o celular?
O IMEI é um número de identificação internacional para equipamentos como smartphone e outros dispositivos que acessam redes móveis. Embora seja útil para bloqueio do aparelho à distância, ele não é utilizado para monitorar o smartphone. Seu uso é apenas autenticação do dispositivo na rede. Ao bloquear um IMEI, ele entra em uma “lista negra” das operadoras de telefonia móvel e fica impedido de autenticar em qualquer operadora.
Então, ao ter o celular furtado poderei rastrear só pelo número?
Infelizmente, a resposta é não. Métodos de localização utilizando “triangulação de antenas”, ou Cell ID só podem ser realizados no próprio telefone celular. Em caso de furto ou roubo, o usuário teria que solicitar a quebra do seu próprio sigilo telefônico para fins de localização. Porém, essa quebra de sigilo esbarra no Código Penal Brasileiro, que concede o direito apenas em “hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual penal” (inciso XII do art. 5º da Constituição Federal). Não há cláusulas referentes à localização para aparelhos furtados ou roubados.